terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Eu sou assim...

Nunca me vi ou senti um homem bom. Tambem nunca me dei por mim sendo um homem ruim. Eu sou assim.

Não gosto de pessoas, mas chego a conseguir amar uma ou outra. Eu sou assim

Tenho grande ódio no meu coração duro, mas muito dentro dele, existe a esperança de um mundo melhor. Eu sou assim.

Me chamam de ogro, troll, ignorante, grosso. Tento fingir não doer, mas no fundo, me rasga a alma em dor plena. Eu sou assim

Sou extremamento cético e realista, mas sonhei com mais misticismo e romantismo na minha jornada. Eu sou assim

Me vejo sozinho sempre, como se meu corpo fosse uma ilha e meus olhos um farol a atirar sua luz na escuridão do mar, mas sei que sempre existem barcos a ancorar em mim. Eu sou assim.

Nunca conseguir me entender, mas me julgo capaz de lutar cada batalha com conhecimento de causa. Eu sou assim.

Esse manisfesto simples, ingenuo e um tanto choroso serve para eu dizer a todos que mesmo sendo aquilo que por fora demonstro, por dentro sou muito diferente.

Eu sou assim...

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Verdade

A verdade existe. Ela ainda existe, e na verdade, sempre vai existir. Infelizmente, na grande maioria das vezes, a verdade é crua, cinza, dura, feia, grotesca e por que não dizer dantesca.

As pessoas se agarram precariamente em ilusões porcas, em formas de evitar que o romantismo e mistério se perca de suas vidas monótonas e estagnantes, mas os fatos são os fatos e contra fatos não a argumentos (ou falacias). A vida na grande maioria das vezes não é um conto de fadas e muito menos filme de Hollywood.

Talvez eu seja muito duro. Talvez eu seja uma pessoa com uma visão defeituosa. Talvez eu seja burro. Talvez simplesmente eu esteja vendo as coisas de outro angulo nefasto e sombrio. De qualquer maneira, é assim que vejo. Não posso dizer que não acho isso deveras pesado e que até eu já pensei em tentar infundir mais diversidade e uma ou outra ilusão nesta frieza toda, mas de nada adianta se enganar.