quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Silencio melancolico...


Quando um homem esta sozinho,
é compreensivel que ele se sinta só.

Quando um homem esta com amigos
ou outras pessoas, se sentir só seria
algo considerado normal???

A sociedade tenta nos impor um certo
modo de vida aonde devemos sempre
ser pessoas amaveis e afaveis.

Infelismente isso não é possivel,
pelo menos não para pessoas com
marcas profundas de solidão e medo.

Muitas vezes estas pessoas, devido
ao medo e solidão que passaram,
se tornam desconfiadas do mundo e
de todo o resto, ate mesmo da familia.

O silencio diz muito mais do que a obvia
falta de verbalização de afirmações,
negações ou sentimentos.

O silencio se torna algo simbiotico,
mesclando ao ser humano de forma tal
que se leva anos ate que algo inicie
o processo de separação.

Este tipo de silencio, alem do proprio silencio,
se chama de "silencio melancolico",
o "não-ato" mais corrompido que
o ser humano pode fazer

Infravermelho...


Acordo de um sono estranho...
abro meus olhos lentamente...
atraves deles vislumbro cores...
cores destacadas da realidade...

Me movo rapidamente da cama...
busco sair daquela insanidade....
abro a porta e me lanço na sala...
o caleidoscopio continua no encalço...

Sou bombardeado com sensações...
matizes unicos da esfera cromatica...
daltonismo em todas as escalas...
me vejo numa orgia de luzes...

Futilmente ainda me locomovo...
me arrasto atraves das tonalidades...
meu resto de sanidade escorre...
me encontro frente a porta...

Em meu ultimo ato de força,
abro tal porta...

Infravermelho...

sábado, 30 de agosto de 2008

A paisagem cinza e silenciosa...


Sozinho em casa, numa cama de sombras
me sento na borda do precipico, olhando...
No abismo se ve a vida e a morte, mas não vejo isso
vejo formas fundas e cinzas, que dançam
e corroem a si mesmas, mudando sua forma.
Acordo de tal pesadelo, mas o infinito se repete...

As formas se tornaram uma montanha cinzenta
que surge por entre os rios de solidão...
Nuvens feitas de pedra voão sobre minha cabeça,
despejando sua chuva de realidade em meu corpo rigido
Dos ossos de um pensamento duro, renasce a pessoa
que se tornou o que hoje sou.

Me sinto sozinho e impotente, mas solidão e impotencia
são irmãos do resto de tudo que do ralo brota.
A partir disso se vive, se pensa, se sobrevive e morre
e dos escombros da pessoas a esperança anda...

domingo, 17 de agosto de 2008

Realidade amorfa e amoral


A realidade é uma visão...
mais me parece uma miragem...
miragem sem cor ou cheiro...
somente uma ilusão...

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Maldita realidade...


Maldita realidade....
é só o que eu posso dizer...
queria que 2 + 2 não fosse 4...
eu queria ser menos preocupado...
menos desconfiado...
menos real...
mais sentimento...
mais visceral...

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Rise and shine...

Rise and shine.... its so simple, yet so hard.
Rise is easy, everyone can rise, but to shine...
Millions of people never shine.
To shine you have to be special.
You are special???
Think about that!

Amigos linguarudos

A foto acima diz tudo o que é possivel ser dito sobre
uma amizade de tamanho titanico, sobre um sentimento
bom que pode existir entre duas pessoas que se gostam
e sentem falta quando não se vem. A amizade desta
menina liguaruda acima é uma das grandes coisas que tenho
hoje em dia em minha vida. Ela torna o cinza e real em
colorido e irreal. Com ela não existem tristeza nem solidão
que dure.
Hajas o que houver, ela sempre teras um espaço gigante
no meu coração...

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Susurros boemios...

Na noite dos rios vermelhos
me sento em uma cadeira
em um botequim qualquer
com amigos a beber e cantar

Uma miragem surge junto a mesa
minha antiga musa branca!
Ela surge das sombras da noite
que dançam sobre teu corpo alvo

Como um sonho fantastico
ela se senta a meu lado
de forma graciosa e displicente
me deixando mesmerizado

Teus olhos negros me fitam
me sinto arrastado por eles
como se tivessem uma força
irresistivel e apaixonante

Ela se aproxima de mim
sua presença me arrepia
sinto apreensão e felicidade
sentimentos afloram

Sua boca rosada se aproxima
sinto sua respiração proxima
com sua voz ela susurra
palavras doces e sentimentais

Rapidamente sou tomado
por uma sensação euforica
sinto-me mais cheio de vida
renovado em minha busca

Como tudo nesta vida
volto a uma realidade fria
ela se vai efemera como nevoa
e me deixar a sonhar...

segunda-feira, 31 de março de 2008

Running alone...

Na chuva e no vento
cruzo as ruas sozinho
paralelo ao tempo
me escapa um suspiro

Vivo este instante
olhando para o abismo
pois o olho do redemoinho
me olha incessante

Me vejo molhado
de uma tristeza pesada
solidão e fraqueza
nos ombros quebrados

Espectro restante
de uma alma soluçante
embebido nas nevoas
alem do horizonte....

terça-feira, 18 de março de 2008

Mudanças atomicas...

Hoje vivo em um instante diferente, momento
este que me pede decisões que para sempre
mudaram minha vida hoje, amanhã e sempre.
Mudanças são necessarias, é o que me dizem
e é tambem o que necessito.
Penso que sim, tenhjo que mudar,
mas acho que somente isso
não basta. Sinto que falta algo. Talvez seja
a energia pra tornar isso real.
Dentro de mim possuo esta energia que com
sua potencia se torna uma explosão atomica.
Procuro ativar esta energia pois as mudanças
urgem em acontecer e eu quero que elas
aconteçam.
Luto para isso e não pararei ate conseguir...

sábado, 15 de março de 2008

Convergencia caotica...

Nas nossas vidas vemos movimentos diferentes. Eles
podem ser paralelos, indiferentes, inertes. Todos estes
movimentos são importantes, mas o mais importate é
sempre o movimento que nos faz andar em nossas vidas.
Quando nos não possuimos um objetivo na vida, todos os
movimentos podem nos parecer caoticos e mecanicos, mas
quando atingimos um ponto que precisamos de um objetivo
para viver, os movimentos se tornam convergentes.

Hoje vejo minha vida tomando movimentos convergentes.
Por que isso? Por que possuo objetivos. Quais e o tamanho
deles não interessa, e sim o valor intrinseco que os mesmos
possuem na nossa jornada. A convergencia desses objetivos
se torna um efeito em cascata, que desenrola em algo
sempre diferente e novo. A experiencia da convergencia é
de suma importancia para todos, e todos ja experimentaram
isso pelo menos uma vez. Qual é o sentido da convergencia??
Não sei, mas sei que ela é o proposito final dos objetivos.

Procuro saber o porque da convergencia, mas o melhor não
é saber, e sim sentir e seguir o fluxo fluido...

segunda-feira, 10 de março de 2008

Urro profundo...

Na calada da noite, na escuridão
mais profunda do ser humano,
reside uma besta de pura furia,
que se debate e convulsiona
nas prisões da alma.

Tal criatura sedenta de liberdade
permeia cada centimetro da criatura.
Anos se passam e ela se torna mais
forte e visceral, de forma bestial.
Seu instinto renasce.

Na espreita de cada resvalo,
a besta sente o gosto de cobre
de sangue humano na garganta.
Cada acumulo de odio, furia
e tristeza lhe enche de força.

A besta se debate com potencia
crescente, quase imparavel.
Somente os de coragem de aço
podem resistir a seus avanços
colericos e inumanos.

Quem luta esta batalha todos
os dias nunca deve esmorrecer,
pois das sombras do espirito
espreita o mais puro lado vil
do ser humano.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Quem é voce???

Quem é voce, mulher das sombras?
Um sonho ou a realidade??
Ilusão ou sensação??
Séra voce quente como um vulcão ou
leve como a brisa do mar??

Vivo a te procurar, escuridão dos
meus desejos profundos.
Me pergunto ate aonde poderei
chegar sem tua companhia...
Ignoro as areias do tempo e espaço,
pois um dia te tomarei nos braços

Tuas madeixas são negras como a noite
ou são loiras feito ouro reluzente?
Tua pele és branca feito a neve ou
bronzeada como uma estatua??

Seras voce um anjo em minha vida,
para acalmar meu coração sofrido,
ou então uma sucubo, que irá incendiar
minha alma dormente??

Imagino tua forma espectral
me olhando com imponencia.
Teus olhos são como redemoinhos
negros, que me arrastam para ti.
Tua mera lembrança me inspira.

No teu encalço estou, e assim
ficarei ate o fim dos meus breves
dias nesta terra. Ate tal encontro,
respiro solidão e suspiro esperança...

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Mascara...

O que esta por detras da mascara???
Um homem??? Uma mulher???
Uma entidade demoniaca???
Um anjo??? Uma ideia???
Não. Por detras desta forma
oca e de expressões rigidas
reside algo. Este algo somos nós,
seres humanos, criaturas feitas
de odio, amor, raiva, paixão.
As mascaras que todos nos usamos
são parte de nos, mas não nos
fazem justiça. O real humano esta
atras daquilo que so é visto na hora,
mas poucos são os corajosos que
largam suas mascaras e são o que são
Se permita a revelar o que esta
detras da sua mascara e seras uma
pessoa diferente. Se permita a
descobrir quem são as pessoas por
detras das mascaras e assim seras
ainda mais feliz e completa

Tinta vermelha, sangue e amor


Eu quero um amor pra amar.
Não um amor vagabundo.
Não um amor cretino.
Não um amor vazio.
Não um amor simples...

Eu quero um amor pra amar.
Um amor infernal, que transforme
minhas visceras em fogo ardente
e que encha meu estomago de
borboletas vermelhas.

Eu quero um amor pra amar.
Um amor cataclismico, que
crie terremotos na minha rotina
e me rache no meio.
Um amor furioso como um ciclone,
que por onde passe deixei a tudo e
a todos de ponta cabeça

Eu quero um amor pra amar.
Um amor de tesão vulcanico
que incinere ate a alma.
Um amor que me drene ate
o resto das forças existentes.
Um amor de proporções titanicas

Eu quero um amor pra amar.
Um amor que seja tão resistente
ao tempo quanto a vida em si.
Um amor que trespasse a mera
realidade concreta.

Eu quero um amor pra amar...