quinta-feira, 19 de abril de 2012

Sentimentos e Olhares

No poço seco de vida que reside em meu peito
Percebo o teu olhar
Os sentimentos que dele extravasa me deixam com medo
Assim como uma criança perto do mar...

Respiro e meu coração bate
Mas me sinto morrendo
Somente sua existência rebate
Este vão sofrimento

Cade você, alem de estar nos meus sonhos?
Eu vivo nessa realidade crua
Te procuro com todo meu esforço
Mas você reside alem da linda Lua

Assim como as musicas de amor
Que me tocam o sentimento
Você sem estar aqui só me é dor
Tua distancia é meu sofrimento

Teu olhar é meu alivio
e só assim vivo sem suplicio